quarta-feira, 13 de junho de 2012

Peter Plogojowitz


Peter Plogojowitz morava em uma pequena vila na Sérvia ocupada por austríacos chamada Kisolova, área que se tornou oficialmente parte da Hungria. Kisolova ficava perto de Medvegia, onde ocorreu o caso de Arnold Paul (clique aqui).
Plogojowitz morreu aos 62 anos, em setembro de 1828. De acordo com os relatos, três dias depois de sua morte, apareceu em sua casa durante a noite, pediu comida a seu filho e saiu. Duas noites depois, retornou e pediu comida novamente, desta vez seu filho se recusou a dar e no dia seguinte foi encontrado morto. Vários moradores adoeceram e todos foram diagnosticados com excessiva perda de sangue. Alguns relataram que, durante um sonho, Plogojowitz sugava-lhes o sangue. Dias depois, nove pessoas morreram por causa da misteriosa doença.
O comandante das forças imperiais, sabendo do ocorrido, resolveu visitar a vila. Foram abertos todos os túmulos dos recém-falecidos. Ao abrir o túmulo de Plogojowitz tiveram uma surpresa, seu corpo parecia respirar e estar em transe, seus olhos estavam abertos, suas carnes intactas e coradas. E o mais intrigante, sua boca estava manchada com sangue aparentemente fresco. Logo, o comandante concluiu tratar-se de um vampiro.
O coração de Plogojowitz foi estaqueado e seu corpo queimado. Os outros corpos não apresentaram sinais de vampirismo e foram devolvidos a seus túmulos. Para proteger os mortos e os moradores, alhos foram colocados nas sepulturas.

Fonte:
MELTON, J. Gordon. O Livro dos Vampiros: A Enciclopédia dos Mortos-Vivos. São Paulo: M.Books do Brasil Editora Ltda, 2003.

15 comentários:

  1. Olá, Penelope!

    São muito interessantes essas histórias sobrenaturais!
    Ótima postagem.

    Tenha uma ótima noite!^^
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vane!
      Além de interessantes, acho essas histórias um tanto engraçadas hehe.

      Um beijo minha querida!

      Excluir
  2. O mais interessante é este vampiro esfomeado rsrsrs.
    Bom há duas possibilidades..
    1° O Sr Peter não sabia de sua condição vampiresca e por sentir fome achou que deveria comer comida normal.Ao ter isso negado se enfureceu e acabou seguindo o seu mais novo instinto animal e sugou o garoto até a morte.


    2° Isso tudo pode e deve ser uma estória inventada depois de algum general sádico ter matado toda a vila apenas para seu divertimento, ja que naquela época eles curtiam matar, estuprar e inventar. XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vampiro esfomeado foi ótimo! hauhauahu.

      Adoro-te!

      Excluir
  3. Bom dia :)
    Que história fascinante *--*

    Adorei teu blog.
    Estou seguindo :)

    Beijos e cuide-se

    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sandro!
      Já visitei seu blog, também estou te seguindo!

      Seja bem-vindo, um grande abraço!

      Excluir
  4. Hahaha, se era vampiro ou não eu não sei, mas o interessante é a crendice do alho, eu até hoje não consigo entender o lance, porque pensa comigo, se for pelo cheiro, existem coisas bem piores do que o bendito alho, as outras até entendo, mas a questão do alho nunca entrou na minha cabeça.
    Se você souber e tiver uma explicação plausível, por favor me conte.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lee, pelo o que eu li o alho, desde os tempos mais remotos, sempre foi usado como medicamento . Por esse motivo, e também por falta de instrução, as pessoas acreditavam que o alho possuía poderes regenerativos, mágicos e de proteção. Sendo usado até em alguns casos contra bruxarias, poderes demoníacos e etc. Nos casos de vampirismo era mais utilizado nos recém-criados.

      Na verdade é tudo crendice e fofoca antiga, hehehe. Nós sabemos dos benefícios de alho para nossa saúde, mas nada de poderes mágicos e tal.

      Um abraço Lee, obrigada por sua visita!

      Excluir
    2. ah, agora tudo faz sentido (ou não xp), mas acho legal o fato de as pessoas acharem que o fato de curar doenças também protegiam contra essas coisas do mal, quer dizer que se fosse hoje jogariamos benegripe na cara deles hehehe, brincadeiras a parte, muito obrigado pela aula, e quanto a visita, com certeza visitrei mais vezes ^^

      Excluir
    3. Hahahaha boa Lee!
      Obrigada pela gentileza viu, estarei te visitando também!

      Até breve!

      Excluir
  5. Histórias realmente interessantes
    Adorei...
    e que região que acontece casos estranhos enh!

    Tenha um belo dia Srta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Dellone! rsrs...

      Obrigada pela visita, tenha uma ótima sexta!

      Um abraço meu querido!

      Excluir
  6. Hehehehe, realmente muito estranho esse lugar, sem contar que a maioria desses mitos vêm desses lados, povo bizarro.

    ResponderExcluir
  7. Muito interessante, adoro histórias e estórias de vampirismo. Mas esse do alho que o amigo indagou e vc respondeu, Penélope, eu não sabia.
    Mt booooom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muita invenção do povo, por isso algumas histórias acabam sendo divertidas hehe.

      Um grande beijo Jaque!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...